admin

admin

A Empresa Fama Pesquisas e Publicidade divulga os profissionais destaques no município de Júlio de Castilhos neste ano de 2020. 

Confira na imagem os profissionais e empresas destaques - Em breve também no Site O Centro Sul, pertencente à família Cidade1

Nós construímos a cidade em que moramos.

Esta frase é muito usada por várias pessoas, então, porque não acreditar e dar as mãos como comunidade, fazendo a diferença através de ações comunitárias, valorização da família, mais atenção aos amigos (as) e cobrando mais de quem escolhemos como representantes políticos?

Certamente tudo é válido, porém quando falamos em política, antes de cobrar, há a necessidade de entender como funciona a “maquina  pública” para que tenhamos conhecimento sobre o que estamos pautando.

Nós construímos a cidade em que moramos, desde o ato de reciclar o próprio lixo até a hora do voto para escolher quem irá administrar uma cidade, estado ou país.

 

Texto: Caio Portela/Cidade1

O volante Frederico Rodrigues de Paula Santos, mais conhecido no mundo do futebol como Fred, não tem apenas o talento com a bola como bom testemunho, mas também a sua fé em Deus. Por causa disso, o atleta é chamado carinhosamente de “pastor”, um apelido que lhe trás muita alegria.

“Eu sou um cara muito grato por tudo o que Deus tem feito por mim, então estou sempre mostrando isso nas redes sociais. Acabou que ficou esse apelido de ‘pastor Fred’. Achei isso legal, espero que continue assim”, disse ele em uma entrevista para o UOL.

O jogador afirmou que não abre mão de falar sobre a sua fé publicamente e que está feliz com a reação positiva do público. “Considero [a religião] importante para nossa vida e gosto de expor o que penso nas redes sociais”, disse ele. “Sou muito feliz com isso e com a reação da torcida”.

Fred joga atualmente no Manchester United, mas o seu grande objetivo é atuar na Seleção Brasileira na Copa de 2022, já que na Copa da Rússia o jogador ficou impossibilitado fisicamente de entrar em campo.

“A gente trabalha no clube para ter a chance de representar nosso país. Todos jogadores são assim e comigo não é diferente. Eu procuro fazer meu melhor para que o Tite possa estar de olho e, futuramente, eu volte a defender meu país. Quero ser convocado novamente”, afirmou.

Ao comentar o apelido de “pastor”, Fred disse que surgiu espontaneamente.  “Ainda não sei exatamente, mas acho que foi um torcedor que falou. E para mim foi bem bacana, porque sou muito religioso e gosto de postar reflexões sobre isso nas redes sociais. Aí acabou pegando, o apelido, pelo carinho que a torcida tem por mim”,

O jogador também comemorou o batismo recente da sua esposa. Ambos são evangélicos e testemunham a fé em Cristo publicamente. “Gosto de estudar a Bíblia, minha esposa foi batizada agora”, disse ele.

 

 

Fonte e foto: Notícias Gospel

Um dos objetivos da mídia Cidade1 e seu streaming de áudio, nas plataformas digitais, é levar a informação, destacando pessoas, ações e lugares, promovendo o bem e valorizando o conteúdo humano que habita cada ser.

Em boa parde da programação estão os programas Gospel, que trazem uma palavra de fé através de seus comunicadores, entre eles os apresentadores do programa Jesus é o Caminho, apresentado ao vivo, nas quartas-feiras, das 20h às 21h, com a participação de ouvintes locais e de outras regiões do país.

No programa de quarta-feira, 26,o Pastor Valdir Soares Rodrigues (E) e Pastor Volnei (D), compartilharam muita fé através de suas pregações, orações e palavras.

Fica o convite para vocês participarem desta incrível programação.

 

Ter uma horta em casa é um incentivo a mais para consumir vegetais no dia a dia e não é exclusividade de casas com quintais espaçosos

Cultivar uma horta em casa é sinônimo de saúde; afinal, além de ser um incentivo a mais para incluir vegetais na alimentação cotidianamente, com o cultivo caseiro você garante hortaliças completamente livres de agrotóxicos. A horta em casa como um benefício da alimentação saudável pode ser um apelo de ainda mais valor para crianças.

“Para quem tem crianças em casa, o encantamento delas ao ver o desenvolvimento de uma planta, pode tornar o consumo destas plantas muito mais prazeroso”, aponta Renata Rodrigues Bonazzi, idealizadora do projeto Horta Zen.

Além disso, cuidar da horta pode ser uma boa atividade para ser desenvolvida com a família, proporcionando mais tempo com os filhos, ajudando a ensinar lições de responsabilidade e proporcionando contato com a natureza.

Extrapolando as vantagens para a saúde, ter uma horta em casa traz também benefícios para o bolso: cultivando os vegetais, você evita gastar com compras em supermercados e feiras. É também um trunfo a mais na decoração – seja a horta dentro do espaço da casa ou no quintal, é uma forma de acrescentar um toque de verde e deixar o ambiente mais fresco e acolhedor

Em meio a todas as vantagens, ainda vale apontar que o cultivo de uma horta caseira não é complicado: dedicando tempo aos cuidados com irrigação e adubagem, observando a saúde das plantas e atentando-se para as necessidades de cada espécie é possível obter alimentos de qualidade que podem fazer toda a diferença na alimentação da sua família.

 

Hortas

Localizado às margens de uma das Avenidas mais movimentadas de Júlio de Castilhos, a Av. Borges de Medeiros, o conhecido campo da castilhense tem sido palco para olhares que apreciam o futebol, pois seguidamente acontecem jogos entre amigos que dão vida para o local tão frequentado em outras épocas por trabalhadores da Cooperativa e da comunidade castilhense.

Parabéns a todos que mantêm este local vivo e receptivo em Júlio de Castilhos.

 

Foto Caio Portela

Juntamos dicas especialistas no assado e separamos 12 segredos que podem tornar você o Churrasqueiro de Ouro. Os truques vão desde a escolha da carne, passando pelo tempero e os cuidados na churrasqueira. Confira:

1 - Não é recomendado utilizar álcool líquido para acender o carvão, pois ele produz uma chama brusca e temporária. Observe também a quantidade de carvão utilizada, em demasia. O ideal é colocar todo o conteúdo do saco em um canto da churrasqueira, deixando apenas uma pequena parte sob o espeto ou grelha. Vá trazendo, aos poucos, mais carvão ao centro quando necessário

2 - Na hora de salgar, não faça uma cama de sal grosso: isso fará com que a carne se desidrate e perca seu sabor.

3 - Compre as carnes em um açougue de confiança. Uma picanha, por exemplo, dificilmente possui mais de 1,1 kg. Se a peça vendida é mais pesada do que isso, provavelmente traz uma parte de coxão duro.

4 - Não exagere no sal. Se puder, use sal grosso em pedras maiores para pedaços grandes e sal grosso em pedacinhos menores para peças menores. Você pode moê-lo no liquidificador, por exemplo. Dica: em um prato, coloque um punhado de sal e acomode a carne, jogando mais um punhado de sal sobre ela. Deixe-a próxima ao calor da brasa por uns quatro minutos. Antes de grelhá-la ou assá-la, elimine o excesso com as mãos.

5 - O mais recomendado é usar uma churrasqueira de alvenaria, com lados, fundo e parte inferior fechados, o que ajuda a armazenar o calor e produzir um churrasco de qualidade.

6 - Grelhar ou assar? Se ficar a 15 cm da brasa, a carne será selada ou grelhada. Essa é altura ideal para peças menores. Para assar, use as alturas de 40 cm para pedaços médios e 60 cm, para grandes.

7 - Os convidados chegaram? Comece assando a costela suína, acomodando-a a 40 cm da brasa e no fundo da grelha, onde o calor é mais intenso. Essa também a hora de assar as linguiças (na mesma altura mencionada). Atenção: nunca fure-as com um garfo, pois elas perderão líquido e, consequentemente, ficarão secas, sem suculência.

8 - Vire as carnes apenas uma vez. Espere que o sangue comece a aparecer em maior quantidade na parte superior e, então, inverta o lado com a ajuda de um pegador. Evite furar a peça.

9 - Coloque-os com a parte do contrafilé, a menos macia, voltada para o fundo.

10 - Gosta de filé mignon? Ele é bom, sim, para churrascos, mas precisa de um cuidado diferenciado. Essa carne, mais sensível, precisa de um calor forte. Coloque a mão a 15 cm da brasa e tente contar até quatro. Essa é a intensidade recomendada para esse corte (para todos os outros tipos de carne, o ideal é fazer o mesmo procedimento, mas a contagem deve ser até cinco).

11 - Não tente fazer um corte alto bem passado. Prefira cortes finos.

12 - Churrasqueira não é lixo! Nunca jogue resto de comida, palito de dente ou bituca de cigarro junto ao carvão.

 

Fonte - Sabores do Sul

“Seja agradecido pelo que você tem e acabará tendo mais.
Se você se concentrar no que você não tem, nunca terá o suficiente.”
Oprah Winfrey
“Gratidão transforma o que você tem em suficiente.”
Melody Beattie

Há tempos o homem se pergunta qual o segredo da felicidade.
Eu tenho a minha resposta. Gratidão.
É o que funciona pra mim e creio que pode funcionar para você também.
Os nossos sentimentos são resultado daquilo que pensamos. Por isso estar feliz ou não é resultado do nosso pensamento.
Você pode pensar que está feliz ou que está infeliz. A decisão é sua.
O que nos atrapalha é que o ser humano é um ser insatisfeito por natureza.

Nunca estamos satisfeitos com o que temos ou somos. Sempre queremos mais. Ter mais dinheiro, melhor trabalho, uma casa melhor, um carro melhor, um corpo mais bonito.

Esse querer causa uma insatisfação pessoal que pois nunca chegamos lá.

E logo que conseguimos alguma coisa que queríamos já encontramos uma nova coisa que queremos e volta o sentimento de insatisfação porque não temos o que queremos.

A partir do momento que começamos a ser gratos pelo que temos e aceitar melhor o que não temos passamos a ser mais felizes e de bem com a vida.

Mas como adotar esse modelo mental?
Cultivando o poder da gratidão
Em vez de ficar pensando que o carro do outro que é carro de verdade, passe a agradecer o fato de você ter um carro lembrando-se que muita gente não dispõe desse conforto.

Em vez de reclamar que a comida estava ruim, agradeça o fato de você ter comida para comer tendo ciência de que muitos outros não têm.

Lembro de ver nos filmes de antigamente que na hora da refeição as pessoas antes de comer faziam uma oração agradecendo a Deus por aquela refeição.

Esse é um hábito fantástico que se perdeu com o tempo. Hoje raramente se vê isso em prática. Não conheço uma pessoa que tenha esse hábito de sempre agradecer antes de comer.

A partir do momento que você agradece pelas coisas que têm começa a dar mais valor a elas em vez de tomá-las por certo.

Isso ajuda também a semear uma reflexão interna de perceber o quanto a sua vida é abençoada por ter muitas coisas que outros não têm oportunidade de ter.

Mas quando falo em agradecer, me refiro àquele agradecimento interno, não o agradecimento em que você vai até uma outra pessoa e diz muito obrigado. Esse também é muito importante e mais adiante falamos sobre isso.

Neste momento o ponto em discussão refere-se àquelas horas em que você para e pensa consigo mesmo “Sou grato por ter uma casa para morar; Sou grato por ter comida para comer; Sou grato pela família que tenho etc.”.

Se você acredita em Deus pode fazer esse agradecimento à Deus durante o seu momento de prece todas as noites por exemplo. Esse é o formato que eu pessoalmente adoto.

Todas as noites faço a minha prece quando sempre inicio agradecendo por coisas da minha vida. Agradeço pela cama que tenho para dormir, o teto para morar, a comida para comer, a família que me ama.

Mais recentemente tenho pensado bastante sobre gratidão e pensamentos de gratidão me ocorrem durante o dia.

Já contei no outro post sobre o dia que estava no mercado e fiquei grato e feliz simplesmente pelo fato de poder enxergar e ver as pessoas, produtos e o ambiente a minha volta.

Sei que existem pessoas que não têm esse privilégio. Por isso, para mim, o simples fato de poder usufruir do sentido da visão é uma benção na minha vida.

Esse final de semana estava num bar com uns amigos e uma hora saí na frente do bar e novamente me veio esse pensamento de gratidão de poder enxergar, ver as cores e as pessoas transitando.

Meu pai sofre de mal de Parkinson. Uma doença terrível que paralisa os músculos do corpo aos poucos. Vejo quanto ele sofre com isso.

Recentemente ele fez uma cirurgia de implantação de um dispositivo no cérebro para melhorar nos sintomas da doença. Neste momento ele está em casa em fase de recuperação.

Ele era um homem super ativo que adorava trabalhar, vivia na rua fazendo as coisas dele. Uma pessoa super ativa que agora está com muitas limitações em função da doença.

O caminhar está difícil, comer é complicado, até o falar está prejudicado. Quando vejo tudo que ele está passando fico grato por ter o meu corpo funcionando perfeitamente e ao mesmo tempo grato por ele estar se recuperando e ficando melhor.

Também me sinto grato por poder ajudar a cuidar dele agora que ele está na se recuperando aqui em Porto Alegre e tenho tido a oportunidade de passar bastante tempo com ele ajudando minha mãe a cuidá-lo.

Gratidão em tempos difíceis
Vamos dizer que você ganhou uma promoção, comprou um carro novo, casou. Só felicidade.

Têm épocas na vida que as coisas vão bem. A vida está boa.
Mas agradecer quando as coisas estão indo bem é tarefa fácil. Difícil é ter a atitude de gratidão em momentos de turbulência na vida.

Todos nós passamos por momentos difíceis.
Pode ser por questão de doença, fim de um casamento, perda de uma pessoa querida ou pela perda do emprego por exemplo. Nessas horas tendemos a ficar com raiva e tristeza. Pensamento do “Por quê comigo?”.

Mas mesmo nesses momentos existe uma forma de enxergar o ponto positivo do qual você pode ser grato por ele.

Por exemplo, têm uma pessoa que faz parte da minha vida com quem tenho uma relação bem difícil e atribulada. Durante muito tempo agi com raiva nessa relação. Confesso que essa raiva ainda não passou e às vezes ainda me irrito muito.

Mas pelo menos hoje consigo perceber o benefício de ter esse problema. Encaro como sendo uma oportunidade de testar os meus limites e me ajudar a crescer. Agradeço por isso.

Outro dia li um texto que dizia que a graça de Deus está em enxergar beleza nas dificuldades. É justamente isso.

Já passei por algumas dificuldades na vida. Separação, perda do emprego, falta de dinheiro.

Muitas dessas vezes fiquei com raiva. Mesmo hoje dependendo do que acontece ainda fico. Afinal sou humano. A diferença é que creio que hoje aprendi a lidar melhor com as dificuldades e enxergar os pontos positivos nelas.
Encarar como uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal. Algo que me torna mais forte. Me fazem evoluir como pessoa.

Vendo dessa forma me torno grato por esses problemas fazerem parte da minha vida. E essa gratidão me faz feliz mesmo durante esses momentos de turbulência.

Ser grato pelas coisas boas que acontecem na sua vida não significa que a vida é perfeita.

Pode ter diversos problemas e dificuldades. A questão é perceber o que têm de bom e ser grato por isso.

Em especial, se a sua vida está repleta de dificuldades, como uma doença por exemplo, enxergar que você tem alguém para ajudá-lo a enfrentar esse momento é um motivo para ser grato e abrir espaço para um pouco mais de felicidade no lugar da tristeza.

Benefícios da gratidão
Comentei acima como uma atitude de gratidão frente à vida pode nos tornar mais felizes. Mas esse não é o único benefício da gratidão.

Como se já não fosse o bastante, o poder da gratidão é ainda maior e pode fazer muito mais por nós.

Estudos revelam que a gratidão também é altamente benéfica para a saúde e para os relacionamentos.

Robert Emmons, é um cientista que estuda os efeitos da gratidão na vida das pessoas. Após estudos com mais de 1000 pessoas de idade entre 8 e 80 anos, encontrou que as pessoas que consistentemente praticam gratidão tiveram uma série de benefícios:

Físicos
• Sistemas imunológicos mais fortes
• Menor incomodação com dores
• Menor pressão sanguínea
• Mais exercício e maior cuidado com a saúde
• Dormir mais e sentir-se com mais energia ao caminhar

Psicológicos
• Maior nível de emoções positivas
• Mais alerta, vivo e acordado
• Mais prazer e alegria
• Mais otimismo e felicidade

Social
• Mais prestatividade, generosidade e compaixão
• Mais perdão
• Ser mais extrovertido
• Sentir-se menos só e isolado

Um outro benefício da gratidão reportado por Emmons e que é muito relevante é que ela bloqueia sentimentos negativos como a inveja e o ressentimento.

O poder da gratidão pode até mesmo diminuir a frequência e episódios de depressão.

Mais ainda, a gratidão reduz a sua necessidade de ter controle sobre as coisas. Aquela vontade de que tudo têm que estar perfeito. Aquele sentimento de que as outras pessoas têm que agir da forma como você quer e você tem que ter as coisas que deseja para ser feliz se torna menos relevante pois você passa a focar na gratidão por ter aquilo que já tem e aprender a aceitar melhor aquilo que não tem e que não pode ser mudado.

Como cultivar gratidão
Comentei acima sobre o estudo de Emmons sobre gratidão.
Deixa eu falar um pouco sobre como ele diferencia as pessoas que praticam gratidão das que não praticam.

Diário
O método utilizado por ele é a criação de um diário da gratidão. Nele você diariamente escreve sobre coisas pelo qual é agradecido na sua vida.

Após um tempo fazendo isso o exercício de gratidão se torna um hábito na sua vida e começa a trazer os benefícios associados.

Na hora de registrar os motivos de gratidão no diário, acho que quanto mais específico melhor.

Até pode ser genérico também. Por exemplo, todos os dias ter o mesmo agradecimento do tipo “Sou grato pela minha saúde, família, ter uma casa para morar e comida para comer.” Isso já é ótimo e um grande passo adiante.

Mas acho interessante também agradecer por coisas específicas que aconteceram no dia. Algo do tipo: “Sou grato pela oportunidade de hoje poder ter levado meu filho para assistir um filme no cinema.”; “Sou grato pela conversa inspiradora que tive com um professor na faculdade.”; “Sou grato por ter encontrado no mercado aquele chocolate específico que fazia tempo que eu queria encontrar e não encontrava.”.

Enfim, pode ser mil coisas. Coisas pequenas que acontecem na sua vida naquele dia.

Mesmo que o dia tenha sido péssimo, alguma coisa de bom você pode encontrar para agradecer. Por exemplo, você pode simplesmente agradecer por ter transitado em segurança de casa até o trabalho.

Pegue pontos como esses e registre no seu diário de gratidão. Como registrar fica a seu critério. Você pode comprar um caderno ou uma agenda e escrever ali.

Se preferir pode criar um arquivo num editor de texto do computador ou até mesmo do celular e proteger por senha caso você não queira que outras pessoas tenham acesso ao seu diário.

Oração
Outra forma é agradecer em prece conforme comentei antes ser o meu método.

Para mim é a noite quando deito na cama antes de dormir. Faço minha prece fazendo meus agradecimentos e pedidos a Deus.

A única desvantagem que sinto nesse meu método é que não mantenho o registro dos meus agradecimentos.

Então se eu quiser voltar no tempo e ver pelo que eu agradecia no passado não tenho como saber. Por isso se também puder registrar ainda melhor.

Thank you cards
Uma outra prática muito interessante é escrever uma carta de agradecimento a uma pessoa que ajudou você de alguma forma. Se possível entregue a carta em pessoa.

Todo mundo gosta de receber um “muito obrigado” verbal. Mas acaba pode ser interpretado mais como um ato de educação do que uma verdadeira vontade de expressar gratidão.

Uma carta escrita é algo totalmente inusitado que a pessoa certamente não estará esperando. Têm um efeito muito maior e memorável.

Eram pequenos cartões que ficavam distribuídos pelas mesas e facilmente disponíveis para quem quisesse utilizá-los.

A ideia básica era que quando alguém ajudasse você no seu trabalho você pegasse um dos thank you cards e escrevesse uma nota de agradecimento.

Até hoje lembro de ter recebido um cartão de agradecimento por ter ensinado um colega aprender sobre um software que eu tinha bastante conhecimento.

Se ele simplesmente tivesse dito “muito obrigado” estou certo que não lembraria da mesma forma pois assim como todos nós já ouvi muitos “muito obrigados” na vida (muitas vezes apenas por educação) e não lembro de todos.

Obviamente não estou advogando contra o “muito obrigado” verbal. Muito pelo contrário, quanto mais melhor. Faz parte do exercício de gratidão. O único ponto que quero fazer é que algo por escrito têm um diferencial.

Lembrancinha
Um presente também é outra ideia. Por exemplo, meu pai têm um médico excelente que trata a doença de parkinson dele.

O médico antigamente atendia pelo plano de saúde. Hoje em dia não atende mais, apenas particular. Mas disse à meu pai que iria continuar a atendê-lo sem cobrar. Ele faz isso até hoje.

Em agradecimento meu pai de vez em quando leva um bom presente para ele. Como por exemplo, uma garrafa de vinho de alta qualidade já que ele sabe que o médico gosta de vinho.

Concluindo
Sempre que possível expresse gratidão às pessoas responsáveis por ter proporcionado um momento de felicidade na sua vida.

Desde um simples muito obrigado até uma carta ou presente, fará bem para você e para quem recebe a gratidão. Uma ótima oportunidade de criar laços mais fortes com essa pessoa.

Em resumo, independente das dificuldades que você passa, nunca se esqueça de ser grato pelas coisas boas da sua vida e de agradecer às pessoas que fazem algo de bom para você.

É mais felicidade e energia positiva fluindo na sua vida e na vida das pessoas a sua volta também.

 

Fonte: Evolução pessoal

O Site de Notícias O Centro Sul está passando por melhorias e a página Caio Portela, no Facebook, será atualizada para "O Centro Sul", recriando a marca para melhor atender nossos leitores e assim centralizar as postagens em uma única plataforma.

Comunicamos também que nosso novo site, para publicações de matérias sobre a comunidade de Júlio de Castilhos e região em breve estará com conteúdos atualizados.

Desde já fica o agradecimento pela compreensão.

Quem assina a nota é o produtor de conteúdos Caio Portela

O Centro Sul - Em breve conteúdos atualizados em www.ocentrosul.com.br

 

Foto: Divulgação

Ouça o PodCast - MPT estará à frente do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos em 2020

 

Página 1 de 6